Como é feita a composição dos preços da gasolina?

Quantas alterações no preço da gasolina você presenciou somente este mês?

Realmente, estabilidade no preço da gasolina é algo que não vemos com frequência.

Mas isso tem motivos bem claros e iremos explicar para você de forma simples, didática e completa.

Para chegar até as bombas que irão abastecer o seu tanque, as gasolinas passam por uma grande cadeia de processos.

É justamente por cada processo dessa cadeia ter várias especificações que os preços variam tanto.

Se você tem dúvidas sobre a precificação da gasolina ou quer confirmar se o que você já sabe está correto, vem com o Posto Líder.

Qual foi o menor preço que você já pagou pela gasolina? Imagem: Freepik. 

 

  • Como é feito o cálculo do preço da gasolina

 

Existem dois tipos de preço de gasolina: o preço pago pelas refinarias pela gasolina A e o preço que você consumidor paga pela gasolina C (que é a soma da gasolina A mais a porcentagem de etanol anidro, de no mínimo 18% e no máximo 27%).

O uso do etanol como solvente em qualquer tipo de gasolina, seja a comum, aditivada, premium ou podium, é prevista por lei, de acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Ele melhora a octanagem da gasolina e reduz a emissão de poluentes na queima do combustível.

Em resumo, o preço final pago pelo consumidor vem de quatro fatores:

1) Preços do produtor ou importador de gasolina “A” 

2) Custo do etanol obrigatório 

3) Carga tributária 

4) Margens da distribuição e revenda.

A parte complexa da precificação da gasolina é a grande oscilação de preços de cada fator em curtos espaços de tempo, o que pode gerar surpresas toda vez que você vai abastecer o seu veículo.

Por exemplo, de 29/03 a 04/04 de 2020, a divisão no preço da gasolina era a seguinte, segundo a Petrobras

A produção/importação (fator 1) eram responsáveis por 19%, o custo do etanol obrigatório (fator 2), por 11%, a carga tributária (o fator 3), por 47% e a distribuição/revenda (fator 4), responsáveis por 23% do preço da gasolina.

Portanto, como cada um desses fatores tem suas características específicas, em cada momento, o preço da gasolina é um.

Para entender sobre o fator 1, o preço da gasolina nas refinarias, clique aqui.

Se você quer saber mais sobre o fator 2, o preço do etanol, clique aqui.

Nas próximas linhas, falaremos sobre os fatores 3 (carga tributária) e 4 (o preço de revenda), continue nos acompanhando.

 

  • O preço da gasolina no Brasil e em Minas Gerais

 

Como foi possível ver, o fator que mais incide sobre o preço da gasolina do Brasil é a carga tributária. 

Sim, quase metade do preço da gasolina que pagamos no país, aquele que consta nas bombas de combustível, são impostos.

São eles: CIDE, PIS/PASEP e COFINS (Federais) e ICMS (estadual).

No vídeo a seguir, você pode compreender facilmente como é dada esta tributação.

https://www.youtube.com/watch?v=wiX4C6nAruI

Se eu te disser que o preço da gasolina no Brasil não está entre os mais caros do mundo, você acredita?

No início de fevereiro de 2020, nosso país estava dentro da média mundial, que era de R$4,66 por litro. Nessa época, o preço do litro no Brasil era de R$4,59.

em março de 2020, a média paga pelos consumidores era de R$4,40.

Mas quando consideramos o final de 2019, a gasolina brasileira era uma das três mais caras de doze países da América do Sul.

E nessa mesma época, o preço da gasolina em Minas Gerais não era dos melhores: também era a terceira gasolina mais cara (R$4,91) entre todos os Estados, ficando atrás do Rio de Janeiro (R$5,07) e Acre (R$4,99). 

Como vimos, toda precificação de gasolina é feita baseada em impostos, que variam de uma época para outra, e no caso do ICMS, a alíquota também muda de um estado para outro.

O mercado da gasolina no Brasil hoje é regulamentado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) e pela Lei Federal 9.478/97 (Lei do Petróleo).

Por mais que a média nacional brasileira do preço da gasolina esteja de acordo com o restante do mundo, é fato, a soma dos valores dos tributos federais e estaduais é maior do que o preço do próprio combustível.

O que você acha sobre isso?

Agora, o último fator abordaremos é sobre o preço de revenda das distribuidoras, enfatizando o posto de combustíveis Líder. 

 

  • O preço da gasolina no Posto Líder 

 

Os postos de combustível são os responsáveis por repassar aos consumidores o custo final de toda cadeia de produção de gasolina.

As refinarias não têm controle sobre os preços finais nos postos, visto que cada um é gerido por uma pessoa jurídica diferente, respeitando a lei de livre concorrência.

Leia também: Como escolher seu posto de combustíveis de confiança (LINK)

Assim, no preço da gasolina também estão diluídos os custos com a administração do local, como o pagamento dos funcionários e manutenção da infraestrutura.

Existe uma série de obrigações que os postos de combustível têm que cumprir, como por exemplo, a emissão de nota fiscal, ampla exibição dos preços na entrada e informação da origem do combustível.

Sem dúvidas, a qualidade do combustível aqui no Posto Líder é um de nossos principais diferenciais.

Testamos todas as entregas de combustíveis antes da descarga, a fim de evitar adulterações e seguimos todas as obrigações necessárias.

Qualquer teste de combustível que o cliente solicitar, realizamos prontamente.

Aqui o valor da nossa gasolina tem relação direta com a qualidade do combustível, e ainda assim, os preços são compatíveis com o resto do mercado.

Diversas pessoas comprovam o rendimento de Litro/Km rodado e isso é uma enorme satisfação para nós.

Prezamos sempre pela transparência da qualidade, nos comunicamos com os clientes e atualizamos constante os preços de todos os combustíveis em nossas redes sociais.

Portanto, nosso combustível tem mais do que preço, tem um valor agregado de uma equipe comprometida em oferecer o melhor.

E aí, gostou das nossas informações?

Esperamos que tenham sido úteis e em caso de dúvidas, chame o Posto Líder!

Dia da Liberdade de Impostos 2020

Dia da Liberdade de Impostos 2020

Seja bem vindo(a) ao Posto Líder

Seja bem vindo(a) ao Posto Líder

Consumidor em MG paga 13 centavos a mais do que deveria de imposto no litro da gasolina

Consumidor em MG paga 13 centavos a mais do que deveria de imposto no litro da gasolina


R. Antônio Justino de Paiva 385, Vila São Geraldo, Varginha/MG
(Referência: trevo de saída para Três Pontas)
Fone : (35) 3212-2223 | Email : contato@postolider.com.br